27 dezembro 2017

Initium Operum Fraternitatis MMXVIII

10:56

(Câmara Municipal da cidade de Weert)

A Academia Madeirense das Carnes/Confraria Gastronómica da Madeira reinicia as suas atividades em 2018 com a sua presença no Capítulo da "Cofradia Amigos del Nabo de Foz de Morcin", que se realizará no 13 de Janeiro, no Principiado das Astúrias, em Espanha.


Aproveito este escrito para felicitar a Direção da AMC/CGM pela opção tomada em iniciar as atividades da confraria madeirense em 2018. Embora houvesse a nível nacional e internacional outras opções válidas e justas, a presença de Alcides Nóbrega, Olga Freitas, presidente e vice-presidente da AMC/CGM, respectivamentee outros confrades madeirenses no evento de Foz de Morcin é, quanto a mim, um agradecimento justo pelo apoio dado pela Cofradia Amigos del Nabo de Foz de Morcin à Academia Madeirense das Carnes/Confraria Gastronómica da Madeira, quando esta foi sujeita a uma tentativa de isolamento internacional por parte de carlos martin cosme, presidente da CEUCO.

Este artigo de opinião não é nem tenciona condicionar a feitura do plano de atividades da Academia Madeirense das Carnes/Confraria Gastronómica da Madeira para o ano de 2018, pois esse plano é da plena responsabilidade da atual Direção.


A atual Direção da AMC/CGM prima, e ainda bem, por não querer ter uma prática de continuidade em relação às anteriores Direções que, como é do conhecimento geral, tiveram um estilo muito pessoal que imprimiu às mesmas durante os primeiros 16 anos da Confraria. No entanto, continua a valorizar as suas presenças em eventos confrádicos que se realizam em território nacional e internacional, sendo que para isso a maioria dos confrades precisa de interiorizar que é necessário uma maior participação individual por parte de todos os confrades.


Com o agendamento por parte da direção da Academia Madeirense das Carnes/Confraria Gastronómica da Madeira de vários eventos que se irão realizar em 2018 e 2019, tais como a organização de um evento da AMC/CGM no Norte de Portugal, a realização do XVIII Capítulo no fim de Abril, a presença pela 1.ª vez da confraria madeirense na Holanda, Alemanha e Finlândia, a realização de um Capítulo na Suíça, a 1.ª Feira Gastronómica do Atlântico e a presença em muitos outros eventos gastronómicos e báquicos que se irão realizar em 2018, quase que obriga aos confrades a renovar o juramento feito no ato de entronização e desta forma a se comprometerem no bom desempenho dos propósitos da Confraria.


Passados quase 18 anos da sua criação penso que a Academia Madeirense das Carnes/Confraria Gastronómica da Madeira, sendo merecedora, deverá ter por parte das identidades políticas e culturais uma outra maneira de olhar e reconhecerem o papel que a AMC/CGM e os seus confrades realizam na defesa da herança cultural gastronómica e baquica da Região Autónoma da Madeira e na promoção do seu território como destino turístico.


Numa região turística, como é o caso do arquipélago da Madeira, sou apologista da criação de instituições que tenham como função a defesa da sua herança cultural gastronómica e baquica e, por consequente, acredito ser necessário e urgente a criação da Direção Regional do Vinho e da Gastronomi, uma vez que este organismo seria uma mais-valia na defesa da gastronomia tradicional madeirense, do seu pão, das doçarias, do vinho, da poncha, etc, etc, etc...


O meu muito obrigado a todos os confrades que participaram nos eventos realizados fora da Região Autónoma da Madeira e igualmente a todos aqueles que fizeram questão em estar presentes na maioria dos eventos realizados no Arquipélago da Madeira. O meu agradecimento a toda a comunicação social da Região que durante o ano de 2017 fizeram cobertura jornalística dos eventos ou presenças da Academia Madeirense das Carnes/Confraria Gastronómica da Madeira.


Artigo da responsabilidade de Gregório J.S.Freitas

Escrito por

A Academia Madeirense das Carnes - Confraria Gastronómica da Madeira é uma associação sem fins lucrativos, que promove e defende a Gastronomia Regional Madeirense e todo o seu partimónio cultura.

0 comentários:

 

© 2013 Academia Madeirense das Carnes - Confraria Gastronómica da Madeira. All rights resevered. Designed by Templateism

Back To Top