06 junho 2017

Dupla presença em França para representar a AMC/CGM e a Madeira

13:19


A AMC/CGM esteve uma vez mais representada este fim-de-semana em vários eventos e Capítulos. Pessoalmente estive não em um mas sim em dois Capítulos, que por coincidência apresentavam o mesmo produto, embora separadas uma da outra de cerca de 530 km. O que têm em comum estas duas confrarias com a AMC/CGM e, mais precisamente, com Câmara de Lobos? Penso que todos adivinharam. As cerejas. No sábado, dia 3 de Junho de 2017, na pequena vila de Mareau-Aux-Prés com cerca de 1.245 habitantes, na região de Centre-Val de Loire, em Orléans, perto de Paris. Começou pelas 14h00 com uma visita ao cerejal e aos lindos campos de cereais, floridos com papoilas. Embora o tempo não estivesse convidativo, o que encurtou a visita, mas deu para nos apercebermos da imensidão dos campos de cerejas. Não se pode comparar ao Jardim da Serra mas, e porque tem sempre um mas, embora a paisagem seja muito linda, não tem a magia da paisagem do Jardim da Serra e suas encostas. Depois da visita e degustação das cerejas, acompanhado de algumas doçarias e café, o cortejo das 44 confrarias presentes dirigiu-se à Igreja onde pelas 18h00 foi celebrada a missa, voltando uma hora mais tarde para a sala de festas para o início do Capítulo propriamente dito e o lindo banquete que nos foi proporcionado num ambiente de festa e muita confraternidade. Foi já bem pela noite dentro e depois de uma grande noite festiva que tudo terminou. Não sem antes a intervenção de várias entidades políticas e civis terem agradecido a todas as confrarias presentes, 42 delas Francesas, uma Belga e a AMC/CGM, tendo recebido um especial carinho e tendo sido muito aplaudida, como já é costume com uma "standing ovation". Poucas foram as horas de sono e já era hora de se levantar para fazer os cerca de 530km que separava esta vila e a freguesia da Petit Rouselle, da aglomeração de Forbach do Departamento de Moselle, na região do Grand Est. Começou pelas 9h00 da manhã de domingo, dia 4 de junho, por uma visita ao Museu de uma antiga mina de carvão. Pelas 11h00 e já na sala de festas desta pequena freguesia, com a presença do presidente da Câmara e outras entidades políticas departamentais, iniciou-se mais um Capítulo. O mesmo cenário repetiu-se com a apresentação das 38 Confrarias presentes vindas por uma maioria da região do Grand Est, uma meia dúzia da Bélgica visto a proximidade desta região a este país e, uma vez mais, a AMC/CGM. Foi um Capítulo muito animado novamente e sempre a mesma "euforia" confrádica. Quer num ou noutro Capítulo o convite é sempre feito a visitarem a Madeira, tomarem conhecimento da sua cultura, da sua gastronomia e, se possível, estarem presentes no próximo Capítulo cujas datas estão fixadas para dia 27, 28, 29 e 30 Abril 2018. Foram já muitas as Confrarias que mostraram grande interesse a estarem presentes. Por várias razões, ou porque já ouviram falar da Madeira pelas suas flores, pela sua beleza, pela sua maneira de saber acolher os turistas mas também por terem ouvido comentários relativos aos nossos Capítulos. Por se desenrolarem durante 4 dias, o que é raro, e pela maneira como as confrarias são recebidas, pela sua organizacão dando a possibilidade e estando incluído no programa a visita a diversas localidades da Madeira e pelos pratos e menus que lhes são proporcionados nos vários momentos de que partilhamos. Quero fazer referência à importância do apoio das Câmaras Municipais à AMC/CGM aquando do nosso Capítulo e das visitas que a elas fazemos. Isso tem uma importância relevante e quando converso com pessoas que já estiveram presentes me fazem saber da maneira que somos recebidos pelas autarquias, o que me leva a agradecer e encorajar todas as Câmaras para que continuem a dar esse apoio. Porque, de facto, a Confraria merece e precisa para continuar a divulgar mundo além o valor da nossa cultura, dos nossos produtos e da nossa simpatia. Penso que muito mais ainda se pode fazer da parte do turismo e de outras entidades. Porque não? Deixo aqui o desafio e o convite aos representantes políticos, quer das Câmaras ou do Governo Regional, em especial ligados ao Turismo, a me acompanharem a um dos Capítulos onde vou estar presente, quer seja aqui na Suíça quer seja em Itália, França ou Bélgica. Irão dar de conta pela sua presença, do valor e dos propósitos que tenho relatado. Seria para mim uma grande honra e testemunharia do reconhecimento pelo trabalho feito em prol da Madeira.
Quero ainda realçar, para quem ainda tenha dúvidas, que todos as viagens feitas pelos membros da Confraria são a seus próprios custos e que não temos apoios de ninguém, relembrando ainda que em todos os eventos levamos quer seja Vinho Madeira ou Bolo de Mel, entre outras iguarias, que são sempre muito apreciados. "Ah, Madère!" É sempre com esta exclamação que as pessoas olham para mim e me agradecem pela presença e é assim que fecho mais um relato. Ah, Madeira! Lino de Jesus Dionisio Suíça




































Escrito por

A Academia Madeirense das Carnes - Confraria Gastronómica da Madeira é uma associação sem fins lucrativos, que promove e defende a Gastronomia Regional Madeirense e todo o seu partimónio cultura.

0 comentários:

 

© 2013 Academia Madeirense das Carnes - Confraria Gastronómica da Madeira. All rights resevered. Designed by Templateism

Back To Top