07 dezembro 2016

Confraria Gastronómica da Madeira mantém viva a ‘Matança do Porco’

21:53

É um tema controverso, mas que a Confraria Gastronómica da Madeira mantém uma posição firme: a ‘Matança do Porco’ é uma tradição que se deve manter viva.
“A par com diversas famílias madeirenses a Confraria Gastronómica da Madeira mantém vivo um dos preparativos iniciais da ‘Festa’, a função da morte do Porco”, explica a institutição em nota à imprensa.
A tradição será reeditada amanhã, dia 8 de dezembro, pelas 10 horas, no salão paroquial da igreja do Estreito de Câmara de Lobos. O evento é aberto ao público em geral, mas sujeito ao pagamento de entrada com direito a refeição.
Ainda assim, esta associação esclarece que “à semelhança de anos transactos, o animal será insensibilizado antes da morte/degolação de forma a minimizar a dor sentida por este conforme exigi a legislação vigente”, explica a Confraria Gastronómica da Madeira
“A matança do porco e a confecção da carne vinho d’alhos, o bolo e as broas de mel, os licores, o presépio e as luzes são referências desta ‘Festa’, que testemunha a forma como os madeirenses ao longo de vários séculos têm assinalado o Natal”, conclui.

Escrito por

A Academia Madeirense das Carnes - Confraria Gastronómica da Madeira é uma associação sem fins lucrativos, que promove e defende a Gastronomia Regional Madeirense e todo o seu partimónio cultura.

0 comentários:

 

© 2013 Academia Madeirense das Carnes - Confraria Gastronómica da Madeira. All rights resevered. Designed by Templateism

Back To Top