05 julho 2016

Rota do Vinho Madeira conduz a região enoturística

22:11

Em 2015, a Madeira produziu 3,33 milhões de litros de vinho licoroso e 130 mil de vinho de mesa. 


A Secretaria do Turismo e Cultura, o IVBAM e os municípios de Câmara de Lobos, Calheta, Porto Moniz, São Vicente e Machico assinaram, hoje, um protocolo para a criação da ‘Rota do Vinho Madeira’. Mas, como lembrou Eduardo Jesus, o projecto pretende contar com a colaboração de um conjunto mais alargado de outros actores, dos ligados ao vinho aos envolvidos no turismo.
O governante, que tem a tutela do Turismo e que, por isso, lidera o projecto, tendo em atenção os objectivos a alcançar naquela área, disse que o protocolo pode criar as bases para a Madeira ser um território enoturístico.
Juntar a promoção do vinho à promoção turística preenche vários objectivos e reforça um dos vectores em que o executivo aposta: a cultura. Vinho é cultura e proporciona experiências, que é o que buscam os turistas.
A Rota do Vinho Madeira cria condições para o desenvolvimento de novos produtos turísticos, defende o património cultural e, entre muitas outras vantagens, valoriza a economia.
Em 2015, a Madeira produziu 3,33 milhões de litros de vinho licoroso e 130 mil de vinho de mesa. 80% das exportações são para a União Europeia e, dentro desta, ganham destaque Portugal (13%), França, Reino Unido e Bélgica. Fora da União, os principais cliente são Estados Unidos, Japão, Suíça, Rússia e Canadá.

Escrito por

A Academia Madeirense das Carnes - Confraria Gastronómica da Madeira é uma associação sem fins lucrativos, que promove e defende a Gastronomia Regional Madeirense e todo o seu partimónio cultura.

0 comentários:

 

© 2013 Academia Madeirense das Carnes - Confraria Gastronómica da Madeira. All rights resevered. Designed by Templateism

Back To Top