18 janeiro 2016

2015 registou 9 mil toneladas de cana sacarina

16:41


Albuquerque reuniu-se ontem com os produtores de cana-de-açúcar.


A cana sacarina é um produto «muito apatecível» que o Governo pretende continuar a apoiar.

A cana de açúcar registou o maior aumento de produção dos últimos 10 anos, envolvendo 806 produtores.

A produção de cana sacarina registou, em 2015, uma produção estimada em 9 mil toneladas, o que representa o maior crescimento dos últimos 10 anos.
A venda do rum subiu 17% e os licores registaram um aumento da procura em 5%.
Estes dados foram divulgados por Miguel Albuquerque no encontro anual de produtores de cana-de-açúcar, que teve lugar ontem à tarde nos Engenhos da Calheta.
O chefe do Governo afirmou que é necessario «ouvir os produtores» para elaborar um «plano» com o objetivo de salvaguardar os «interesses dos produtores, dos engenhos e dos produtos derivados da cana».
O secretário regional de Agricultura e Pescas, Humberto Vasconcelos, garantiu aos jornalistas que está a «elaborar um plano estratégico para a cana sacarina», uma vez que, este sector mobiliza 806 produtores, o que significa que «muita gente vive deste produto».
Neste plano estratégico o objetivo é garantir que os produtores consigam escoar o produto de modo a diminuir a intervenção do Governo Regional neste sector.
«O Instituto do Vinho e a Secretaria estão a trabalhar em conjunto com produtores e com os agricultores no sentido de obter um produto bom e equilibrado para que não haja excesso de produção no terreno face a realidade do mercado», disse ontem Humberto Vasconcelos. 

Fonte: JM-Madeira, Edição de 18 Janeiro 2016.


Escrito por

A Academia Madeirense das Carnes - Confraria Gastronómica da Madeira é uma associação sem fins lucrativos, que promove e defende a Gastronomia Regional Madeirense e todo o seu partimónio cultura.

0 comentários:

 

© 2013 Academia Madeirense das Carnes - Confraria Gastronómica da Madeira. All rights resevered. Designed by Templateism

Back To Top